Contínua justificativa do negócio

De PRINCE2 wiki Portugues
Ir para: navegação, pesquisa

Clique aqui para a versão Inglês, Espanhol, Francês, Polonês, Italiano, Holandês, Russo.

Um projeto PRINCE2 deve ter uma contínua justificativa do negócio; portanto, cada projeto deve ter um Business Case. Isto significa que a razão para iniciar o projeto deve fazer sentido do ponto de vista dos negócios e deve haver um claro Retorno sobre o Investimento.

Por exemplo, um projeto custará €20.000, mas durante os 2 primeiros anos permitirá uma economia de €80.000 para a empresa. "O projeto tem uma justificativa para o negócio?" é o mesmo que perguntar "O projeto tem um Business Case válido/acordado?” Se a qualquer momento durante o projeto o esperado Retorno sobre o Investimento cair (em por exemplo cerca de 80%), o projeto muito provavelmente será interrompido.

O documento Business Case fornece detalhes completos, mostrando porque o projeto deve ser feito, incluindo custos, benefícios esperados e prazos, também referidos como informações de justificativa do negócio. Como o documento do Business Case é um dos primeiros documentos criados em um projeto, ele evita que se iniciem alguns projetos que de fato oferecem poucos benefícios reais para a empresa. A justificativa de negócios é então verificada em todo o ciclo de vida do projeto, o que pode, por exemplo, acontecer ao final de cada estágio.

Até mesmo projetos iniciados para cumprir com uma nova legislação exigem uma justificativa. Por exemplo, o custo da não-conformidade com uma nova legislação poderia afetar o Market Share da empresa, ou esta pode perder clientes. E a isto, portanto, podem-se atribuir valores monetários.

O Princípio da Contínua Justificativa de negócio confirma a necessidade de uma justificativa documentada no início o projeto e durante o mesmo, para que possam ser tomadas decisões com o valor do negócio em mente. O Business Case é regularmente revisto durante o projeto para verificar sua contínua justificativa de negócio.

Referência